sábado, 30 de março de 2013

Descomplica!

Tenho saudades de quando as coisas eram simples. Eram tão fáceis, tão alcançáveis. Não sei em que época foi essa fase, mas lembro-me que na minha vida houve uma fase de muita paz, de muita calma e serenidade. As coisas deveriam ser sempre assim, mais fáceis, mais calmas para que possamos desfrutar e aproveitar esta caminhada ao máximo. Para que possamos ser mais felizes, para nos dedicarmos mais àqueles que tanto amamos. Talvez se a vida não fosse tão complicada, não seriamos obrigados a dar tantas voltas à nossa vida, assim  quem sabe se pudesse extinguir a saudade. A saudade não mata mas moí.
Pode ser que um dia alguém carregue no botão "descomplicar" e aí cada um de nós poderá aproveitar a vida ao máximo, sem problemas, sem impasses, sem perguntas, sem horários.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Mala Azul ♥

E num dia, que parecia normal, tu entraste pela minha vida, sem qualquer aviso. Pousaste as tuas coisas, aquela mala azul cheia de carinho e amor, parecias determinado a ficar e ficaste. Desde o primeiro instante que senti que eras especial, que eras diferente de todas as outras pessoas que passaram pela minha vida. Desde a primeira conversa que vi em ti um amigo, alguém em quem podia confiar. Deste cor à minha vida, fizeste com que ela ficasse mais definida. A cada dia que passava crescia em mim um sentimento, um sentimento que a principio era tão frágil, do qual eu queria tomar conta. Esse sentimento cresceu, e continua a crescer, tal e qual como uma planta; sentimento que a principio não sabia explicar, mas com o passar do tempo eu descobri que era amor.
Marcaste a minha vida de uma maneira descomunal, deste-lhe uma reviravolta. Moldámo-nos um ao outro e continuamo-nos a moldar. E em ti continuo a ver um amigo, o meu melhor amigo; mas agora é diferente, vejo em ti todos os meus sonhos reflectidos, vejo em ti um abrigo,vejo em ti alguém em quem posso contar, alguém que me faz feliz. Obrigada por estares sempre lá, não importa a hora; por nunca me teres julgado e por teres guardado todos os meus segredos. Obrigada pela paciência  carinho e amor incondicionalmente. Obrigada por estares sempre lá, mesmo quando não estás fisicamente. Obrigada por teres entrado na minha vida e por a teres enchido com essas coisas que carregavas na pequena mala azul. És sincero, e se calhar é isso que falta a muita gente. És um tesouro, és diferente de todos. És único. És muito em mim.
OBRIGADA POR TUDO.
Espero que nunca me deixes. Por sem ti, sem esse teu jeito envergonhado e único, sem essa tua mala azul, nada seria como é.
Amo-te. <3