segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Vale a pena lutar

E às vezes senteste sem forças não é? Senteste um derrotado sem sequer teres ido para a batalha, senteste sem qualquer pingo de esperança. Sentes o guerreiro que há em ti a ir-se. Parece que o Sol não brilha mais, ou pelo menos com tanta intensidade. Já não sabes o que é o sentimento de "lar doce lar", nem reconheces o cheiro característico da tua cidade. Já não sabes de onde vens, onde pertences, senteste perdido. Mas tem calma, é só uma fase má, e as fases passam, é como as estações do ano. Tudo está em constante mudança, até tu. Não desesperes. O dia da batalha chegará e tu estarás pronto, para enfrentares todos os teus medos, com a cabeça erguida. E relembra-te, há sempre esperança. Amanhã é um novo dia, mesmo que o dia de hoje tenha sido um dia de derrota, continua a tentar, vai à luta, reúne as tuas armas e aventura-te numa nova jornada, numa nova batalha. Mostra que melhoraste, que és forte e que nada te deita abaixo. O teu dia de vitória chegará, apesar de todos os dias serem de vitórias, pequenas vitórias. Tu consegues, tens de acreditar que sim. O Sol voltará a brilhar para ti. Sei que por vezes é dificil encarar uma nova manhã, um novo desafio, mas sabes, todos temos coisas que nos sustentam, procura aquilo que te sustenta, que te mantém vivo. Luta por aqueles que amas, luta por aquilo que te faz feliz. Isto é algo passageiro.

"- E o que nos sustém?
- O bem que existe neste mundo (...) pelo qual vale a pena lutar."



Sem comentários:

Enviar um comentário